Pages

Subscribe:

RÁDIO WEB EM DOSE DUPLA

RÁDIO WEB EM DOSE DUPLA
Tocando o Sucesso de Sempre

JOLUSI AM (Rádio web) 2017

A rádio web JOLUSI AM também está nesse endereço. Agora com áudio e video. Clique no PLAY para ouvir a música.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Homem pede divórcio porque a esposa não geme na cama



Enviado por: Fernando Moreira.
Fonte: Page NotFound (oglobo.globo.com)
Foto meramente ilustrativa (Reuters)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante do Blog MUSIBOL)





Um homem pediu divórcio em Harare (Zimbábue) alegando que a sua esposa não faz "sons sexuais" na cama. Wilfred Mashaya disse à juíza Barbara Masinire que a mulher fica em silêncio sempre que eles têm relação sexual.
Segundo o marido, a situação ficou insustentável.

"Tive que dar a ela um alerta de divórcio porque não estamos curtindo o casamento.
Mesmo quando dormimos juntos, ela parece infeliz e não faz qualquer som sexual",
afirmou Wilfred na Corte Civil.
Ele pediu ordem de restrição contra a esposa, segundo o site "Bulawayo 24".

Wilfred argumentou ainda que a esposa, Sharlone Masvinge "é violenta e sempre me provoca a atacá-la".

"Sou faixa preta de caratê. Temo que, se ela continuar me provocando, eu acabe reagindo e a machucando", comentou.

Em sua defesa, Sharlone disse que o marido a quer fora de casa porque, segundo ela, Wilfred está tendo um caso extraconjugal.

"Ele está inventando histórias. Ainda sou a sua esposa", afirmou.





Maior concentração de despesas gera pior resultado das contas públicas



Por: Kelly Oliveira. Fonte: Agência Brasil.
Imagens: vladmirfalmeida.blogspot.com / thehindubusinessline.com
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante do Blog MUSIBOL)





A maior concentração de despesas e a redução de receitas levaram ao pior resultado das contas públicas para meses de maio, avaliou hoje (30) o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel.

Em maio, o setor público consolidado – governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais – apresentou déficit primário de R$ 11,046 bilhões, o primeiro resultado negativo registrado no período. Ao analisar todos os meses da série histórica, iniciada em 2001, esse foi o pior resultado desde dezembro de 2008, quando o déficit primário chegou a R$ 20,952 bilhões.

Segundo Maciel, em maio houve aumento de investimentos do governo e redução de receitas de dividendos e de depósitos judiciais em relação ao mesmo mês do ano passado. Em maio de 2013, o setor público registrou superávit primário de R$ 5,681 bilhões.

Ele disse que ainda é cedo para avaliar se o setor público terá dificuldade para atingir a meta de superávit primário de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. “É preciso aguardar os próximos resultados.

Ainda há uma série de eventos a ocorrer, como receitas de concessões, volume de dividendos previstos na LOA [Lei Orçamentária Anual], Refis [programa de renegociação de dívidas com a União]. Uma avaliação exige um conjunto de dados mais amplo.

Não devemos fazer essa avaliação especificamente com o último resultado [de maio]”, argumentou.

Em 12 meses encerrados em maio, o superávit primário do setor público ficou em R$ 76,057 bilhões, o corresponde a 1,52% do PIB, o menor resultado desde outubro do ano passado (1,42%).

O resultado primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública.

Hoje, o BC revisou a projeção para a dívida líquida do setor público em relação ao PIB de 33,4% para 34%, em dezembro deste ano. Essa estimativa é feita com base no superávit primário em 1,9% do PIB. Ao considerar parâmetros de mercado, como o superávit primário em 1,5% do PIB, a dívida líquida deve ficar em 34,4% do PIB, contra 33,8% previstos anteriormente.

A dívida bruta deve chegar a 58,4% do PIB, de acordo com a previsão do BC, ou 58%, segundo parâmetros de mercado.




Setor público registra déficit primário de R$ 11 bilhões em maio



Por: Emília Oliveira. Fonte e foto: Agência Brasil.
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante do Blog MUSIBOL)



Setor público registra déficit primário
de R$ 11 bilhões em maio
Marcello Casal / Agência Brasil



O setor público consolidado – governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais – registrou, em maio, o pior resultado primário para o mês desde o início da série histórica, iniciada em dezembro de 2001.

Foi a primeira vez que o setor público apresentou déficit primário em maio, com resultado negativo em R$ 11,046 bilhões.

No mesmo mês de 2013, o setor público registrou superávit primário de R$ 5,681 bilhões.
dinheiro

Em relação aos demais meses, o resultado de maio também é o pior da série histórica, desde dezembro de 2008, quando o déficit primário chegou a R$ 20,952 bilhões. O resultado primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública. O esforço fiscal permite a redução do endividamento do governo no médio e longo prazos.

Nos cinco meses do ano, o superávit primário chegou a R$ 31,481 bilhões, contra R$ 46,729 bilhões em igual período de 2013. Em 12 meses encerrados em maio, o superávit primário do setor público ficou em R$ 76,057 bilhões, o corresponde a 1,52% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país.

No mês passado, o Governo Central registrou déficit de R$ 11,073 bilhões.
Os governos estaduais registraram superávit primário de R$ 284 milhões e os municipais, déficit de R$ 272 milhões. As empresas estatais, excluídos os grupos Petrobras e Eletrobras, registraram superávit de R$ 15 milhões.

Nos cinco meses do ano, o Governo Central registrou superávit primário de R$ 18,102 bilhões, os governos estaduais, de R$ 10,404 bilhões e os municipais, de R$ 3,157 bilhões. As empresas estatais tiveram déficit de R$182 milhões.

O déficit nominal, formado pelo resultado primário e as despesas com juros, ficou em R$ 32,444 bilhões, no mês passado, e em R$ 70,075 bilhões, de janeiro a maio. Os gastos com juros chegaram a R$ 21,397 bilhões, em maio, e acumularam R$ 101,555 bilhões, nos cinco meses do ano.

A dívida líquida do setor público chegou a R$ 1,725 trilhão no mês passado, o que corresponde a 34,6% do PIB, aumento de 0,4 ponto percentual em relação ao mês anterior.
A dívida bruta chegou a R$ 2,895 trilhões ou 58% do PIB, com elevação de 0,2 ponto percentual em relação a abril.





Cerca de 100 concursos oferecem mais de 50 mil vagas em todo o Brasil



Fonte e Imagem: Ibahia.
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante do Blog MUSIBOL)



São mais 100 concursos com inscrições abertas em todo o país.
Além das vagas abertas, há também oportunidades para formação de cadastro de reserva.

Cerca de 100 concursos estão com inscrições abertas e somam pelo menos 50.792 vagas em todos o Brasil.  Há concursos para diversas áreas e a remuneração chega a R$ 21.657,29 no Tribunal de Justiça de São Paulo.

De acordo com o Folha Dirigida, existem 26.196 vagas para cargos de nível superior, 15.844 vagas para profissionais de nível médio,  4.061 para nível técnico e 4.691 de nível fundamental. Além das vagas abertas, há também concursos para formação de cadastro de reserva, e os aprovados serão chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Mas fiquem atentos! Algumas oportunidades encerram o prazo de inscrição nesta semana.

Instituição/Órgão
Prazo
 
Vagas
Salário máximo
Escolaridade
Local de trabalho

04/07/14
35
R$ 4.031
nível superior
Pernambuco

16/07/14
20
R 7.502,21
nível superior
Rio Grande do Sul

05/08/14
130
R$ 3.392,42
todos os níveis
Minas Gerais

20/07/14
2 e cadastro
R$ 2.175
todos os níveis
Rio Grande do Sul

04/07/14
14 e cadastro
R$ 1.800
nível médio e superior
Paraná

06/07/14
51
R$ 5.749,28
níveis médio e superior
Rondônia

22/07/14
35
R$ 15.958,13
nível superior
Mato Grosso do Sul

29/07/14
20
R$ 7.109,51
nível superior
Paraíba
31/07/14
26
não informado
nível superior
Rio de Janeiro
07/07/14
160
não informado
nível médio
Três Corações (MG)
07/07/14
1.380
não informado
nível médio
Rio de Janeiro, Juiz de Fora (MG), Recife (PE), Alegrete (RS), Jundiaí (SP), Pirassununga (SP), Pouso Alegre (MG), Campo Grande (MS), Fortaleza (CE), Blumenau (SC), Jataí (GO) e Altamira (PA)


08/08/14
65
não informado
nível superior
Bahia

06/07/14
1.314
R$ 6.597,93
todos os níveis
São Bernardo do Campo (SP)

07/07/14
25
R$ 11.988,32
nível superior
Novo Hamburgo

11/07/14
121
R$ 2.107,52
todos os níveis
Mato Grosso do Sul

30/07/14
6.744
R$ 10.814,50
todos os níveis
Distrito Federal

15/07/14
240 e cadastro
R$ 3.029,54
níveis médio/ técnico e superior
Rio Grande do Sul
15/07/14
170
R$ 8.844,64
todos os níveis
Brasília

08/08/14
150
R$ 3.401,84
nível médio
Santa Catarina

30/06/14
67
R$ 2.983,31
nível superior
Minas Gerais

01/08/14
51
R$ 4.511,90
todos os níveis
São Paulo


31/07/14
46
não informado
nível médio
não informado
07/07/14
40
não informado
nível médio
Rio de Janeiro

28/07/14
230
não informado
nível fundamental
Rio de Janeiro

24/07/14
79
não informado
nível superior
Rio de Janeiro
11/07/14
33
R$ 4.247,82
níveis médio e superior
não informado
17/07/14
395
não informado
nível médio
Rio de Janeiro e Belém

15/07/14
50
R$ 20.705,07
nível superior
Pará

10/07/14
1.000
R$ 2.766,94
nível superior
Minas Gerais

30/06/14
89
R$ 2.635,48
nível fundamental
São Paulo

07/07/14
6.000
não informado
nível médio
Rio de Janeiro

03/07/14
5.000
R$ 992
nível médio
São Paulo

10/07/14
10
R$ 1.798,42
níveis fundamental e médio
Alambari (SP)

02/07/14
220
R$ 13.000
todos os níveis
Amarante (MA)

04/07/14
16
R$ 910
níveis fundamental e superior
Américo de Campos (SP)

16/07/14
46
R$ 1,3 mil
todos os níveis
Bom Despacho (MG)

07/08/14
215
R$ 1.668,60
todos os níveis
Brasilândia (MS)

10/07/14
33
R$ 1.34,30
todos os níveis
Brazópolis (MG)

30/07/14
118
R$ 6.400
todos os níveis
Buenos Aires (PE)

18/07/14
20
R$ 1.272,99
todos os níveis
Cachoeira Paulista (SP)

10/07/14
61
R$ 6.917,40
níveis fundamental e médio/técnico
Cananeia (SP)

13/07/14
31 e cadastro
R$  3.359,87
toodos os níveis
Cândido Mota (SP)

04/07/14
23
R$ 4.672,05
todos os níveis
Cândido Rodrigues (SP)

06/07/14
47
R$ 4.500
todos os níveis
Capitão Andrade (MG)

13/07/14
153
R$ 8.823
todos os níveis
Cocos (BA)

06/07/14
183
R$ 1.909,12
níveis médio e superior
Codó (MA)

02/07/14
13
R$ 3.786,66
todos os níveis
Colorado (RS)

02/07/14
36
R 6.294,39
todos os níveis
Contenda (PR)

21/07/14
48 e cadastro
R$ 4.703,89
todos os níveis
Cordeirópolis (SP)

30/06/14
40
R$ 3.457,99
todos os níveis
Cruzeiro do Sul (PR)

07/07/14
27
R$ 7.500
todos os níveis
Diamante D'Oeste (PR)

24/07/14
268
R$ 10 mil
todos os níveis
Ervália (MG)

09/07/14
155
R$ 1.729,08
todos os níveis
Espera Feliz (MG)

15/07/14
201
R$ 1.850
todos os níveis
Espinosa (MG)

10/07/14
61
R$ 6.917,40
todos os níveis
Estância de Cananeia (SP)

01/07/14
120 e cadastro
R$ 10.051
todos os níveis
Fazenda Rio Grande (PR)

13/07/14
17
R$ 3.843,26
todos os níveis
Garibaldi (RS)

30/07/14
82
R$ 2.571,26
todos os níveis
Heliodora (MG)

04/07/14
77
R$ 3.726,10
todos os níveis
Hortolândia (SP)

31/07/14
508
R$ 12.111,58
todos os níveis
Ibirité (MG)

03/07/14
27
R$ 1.300
níveis médio e superior
Iranduba (AM)

17/07/14
14 e cadastro
R$ 1.014
nível fundamental
Itanhangá (MT)

03/07/14
120
R$ 2.490,48
todos os níveis
Jandaia do Sul (PR)

11/07/14
1.522
R$ 8.613
todos os níveis
Joinville (SC)

02/07/14
157
R$ 2.689,31
nível superior
Londrina

11/07/14
148
R$ 3.250
todos os níveis
Nerópolis (GO)

10/07/14
52
R$ 9.500,40
todos os níveis
Nova Laranjeiras (PR)

06/07/14
100
R$ 1.908,17
nível médio
Nova Lima (MG)

09/07/14
39
R$ 5 mil
todos os níveis
Nova Nazaré (MT)

13/07/14
26
R$ 12.750
todos os níveis
Nova Santa Helena (MT)

07/07/14
3.215
R$ 4.738,38
todos os níveis
Osasco (SP)

17/07/14
35
R$ 3.331,65
todos os níveis
Papagaios (MG)

30/10/14
54
R$ 8.175
todos os níveis
Parecis (RO)

10/07/14
21
R$ 2.952,40
todos os níveis
Penha (SC)

01/07/14
116
R$ 10.734
todos os niveis
Pinhais (PR)

16/07/14
50
R$ 1.884,25
todos os níveis
Poço Fundo (MG)

30/06/14
cadastro de reserva
R$ 7.990,95
niveis médio/ técnico e superior
Ponta Grossa (PR)

17/07/14
18
R$ 879,92
níveis fundamental e médio
Porto Belo (SC)

10/07/14
15
R$ 1 mil
nível médio
Quaraí (RS)

25/07/14
29
R$ 1.728,27
níveis fundamental e médio
Ribeirão Preto (SP)

07/07/14
16
R$ 3.402,03
nível superior
Rio do Sul (SC)

03/07/14
145
R$ 7.007,93
todos os níveis
Rolândia (PR)

15/07/14
43 e cadastro
R$ 9.257,62
todos os níveis
Ronda Alta (RS)
16/07/14
30
R$ 12.700
níveis fundamental e superior
Salete (SC)

12/07/14
17
R$ 5 mil
níveis fundamental e médio
Santa Cruz (SP)

11/07/14
40
R$ 9.989,66
todos os níveis
Santa Cruz do Escalvado (MG)

03/07/14
223
R$ 1 mil
todos os níveis
Santa Luzia (PB)

23/07/14
230
R$ 7.292,96
todos os níveis
Santana do Parnaíba (SP)

30/06/14
169
R$ 1.437
todos os níveis
São Bento (PB)

10/07/14
131
R$ 14 mil
todos os níveis
Toledo (PR)

16/07/14
33
R$ 12.081,46
todos os níveis
Trombudo Central (SC)

02/07/14
47 e cadastro
R$ 8.439,56
todos os níveis
Tucunduva (RS)

10/07/14
77
R$ 8.232,32
todos os níveis
Várzea do Poço (BA)

01/07/14
29
R$ 2.237,40
todos os níveis
Ventania (PR)

17/07/14
73
R$ 8 mil
todos os níveis
Vila Nova dos Martírios (MA)

23/07/14
16
R$ 9.500,64
níveis médio/ técnico e superior
Vitor Meireles (SC)

23/07/14
401
R$ 911,43
todos os níveis
Volta Redonda (RJ)

08/07/14
6.500
não informado
níveis médio e superior
Distrito Federal

16/07/14
7.043
R$ 3.133,80
nível superior
Amazonas

06/07/14
68
R$ 3.573,64
níveis médio e superior
Rondônia

01/07/14
108
não informado
nível superior
Recife

17/07/14
11
R$ 1.224,46
níveis fundamental e médio
Brotas (SP)

11/07/14
75
R$ 4.559,47
nível superior
Acre

04/07/14
26
não informado
nível superior
Belém
04/07/14
74
remuneração varia de acordo com os serviços prestados
nível superior
Mato Grosso do Sul
11/07/14
284
remuneração varia de acordo com os serviços prestados
nível superior em direito
Pará
25/07/14
215
R$ 21.657,29
nível superior
São Paulo

14/07/14
13
R$ 8.118,19
níveis médio e superior
Piauí, Acre, Amapá, Bahia e Minas Gerais

01/08/14
48
R$ 5,9 mil
níveis médio/ técnico e superior
Amazonas





JOLUSI FM

JOLUSI FM
A rádio web que toca os sucessos de sempre.

JOLUSI FM

MAPA DE ACESSOS

ON LINE

TYNT

Total de Visitas

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS
DE SERRINHA PARA O MUNDO